UM CONVITE À TRANSFORMAÇÃO

UM CONVITE À TRANSFORMAÇÃO

Olá, leitores! 

No nosso primeiro texto, resolvemos falar sobre um questionamento que tem surgido desde que começamos a divulgar nossas ideias: “Como assim, mercado de capitais?” Bom, primeiramente, é importante que você saiba o que é, afinal, mercado de capitais, não é mesmo? Ele é um grande sistema que possibilita a distribuição dos valores mobiliários (as ações, por exemplo, são bem conhecidas), para que os títulos das empresas possam ser convertidos em dinheiro mais facilmente, a viabilizar o processo de capitalização. Tudo isso impulsiona a atividade econômica e a geração de empregos.

O mercado de capitais é um dos quatro grandes mercados que compõe o mercado financeiro. Desse modo, a especificidade do mercado de capitais está no fato de ser composto por instituições financeiras, corretoras e, como você deve ter imaginado, a B3, que é a principal bolsa de valores do Brasil. Nele, podemos encontrar desde a renda fixa à renda variável, em suas diversas modalidades. Apesar disso tudo, o número de investidores por aqui não passa de 0,5% da população, segundo dados da B3.

Por outro lado, a inadimplência dos cidadãos brasileiros apresenta porcentagem alarmante: em pesquisa feita pelo CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) em janeiro de 2019, 60,1% das famílias brasileiras se encontravam endividadas. E a natureza das dívidas? Cartão de crédito, carnês e financiamento. Resumindo: bancos!

De igual modo, sabemos como é difícil, para o pequeno e médio empreendedor, permanecer de portas abertas: os bancos oferecem condições de empréstimos atrativas, que camuflam gigantescas taxas de juros, e por aí vai…

É possível contornar a inadimplência e, logo, melhorar a qualidade de vida do povo brasileiro? Acreditamos que sim! Primeiramente, por meio da educação financeira! Isso implica uma reestruturação adequada das finanças, bem como demanda planejamento e, sobretudo, foco!

É essencial que você assuma o controle do seu dinheiro – ou então irá sucumbir aos desejos do capital (o consumismo, em nosso mundo, é evidente). O mercado de capitais pode ser um grande aliado em seus projetos pessoais e profissionais, desde que trabalhado com seriedade e profissionalismo.

Por falar nele, todas as possibilidades do mercado de capitais se resumem em uma palavra: CONTRATO! Como você deve saber, contrato é o objeto do Direito por excelência! Por isso, somos um escritório de advocacia especializado em mercados de capitais: sabemos que seu dinheiro não pode ser “apostado” por aí, sem responsabilidade e direcionamento adequado.

Portanto, agora que você já sabe o que é mercado de capitais, pode dimensionar o quão importante é colocar a qualificação profissional a serviço do cidadão e do empreendedor brasileiro, para que, assim, o Direito e a Economia possam ser viabilizadores do desenvolvimento social, econômico e cultural de nosso país.

Até breve!

Rosana Pinheiro

Compartilhe!

Deixe uma resposta